Notícias

Vendas online nos supermercados podem evoluir se os consumidores tiveram mais informações sobre os produtos em oferta

Publicado em : 15/03/2019

Autor : Blog Apas Show

O Brasil ainda tem um grande potencial a ser explorado no campo das compras online de supermercado. Enquanto quase 90% da população visita as redes para abastecer seus lares, somente 2% dos brasileiros optam pela internet para repor a despensa.

Os números são resultado de um estudo da Associação Paulista de Supermercados (APAS) em parceria com o Ibope Inteligência em 2018. De acordo com Wellington Machado, CEO da Simplus, empresa especializada em sistemas de varejo, a falta de informação é o principal entrave para o crescimento do supermercado no e-commerce.

Hoje, o maior desafio do setor de supermercados é levar a mesma experiência que o consumidor tem na loja física para o site ou aplicativo da marca. Por isso, as principais redes do Brasil se reuniram na sede da APAS para encontrar maneiras de potencializar as vendas online.

De acordo com o CEO da Simplus, a principal dificuldade das redes na internet é identificar os produtos que o consumidor tem interesse e trazer as informações sobre cada um deles, como origem, se é orgânico, etc. “Em uma experiência digital, quando o consumidor busca produtos orgânicos ele quer ter a certeza dessa qualidade”, explicou Machado.

Foco nas vendas online

Atualmente, em média, um supermercado tem um mix de cerca de 40 mil itens e levar esse volume para o ambiente online não é uma tarefa fácil. Contudo, com a ajuda da tecnologia e de ferramentas específicas, é possível melhorar a experiência digital do consumidor. E o investimento na digitalização dos dados pode ser a resposta.

Essa tarefa pode ser feita com base em duas frentes: no recebimento dos produtos, quando podem ser captadas as informações da embalagem por um software; e o acesso à ficha técnica da mercadoria. Em uma pesquisa feita pela Bain & Company em parceria com o Google nos Estados Unidos, foi constatado que o supermercado é a primeira opção para 68% dos participantes se tiverem que fazer uma compra online. Dos que responderam, 4% escolheriam um mercado exclusivamente digital e 11% optaram por marcas omnichannel.

Para alavancar os números de transações online, tanto no Brasil quanto no exterior, Wellington acredita que é preciso oferecer informação validada e segmentar melhor a oferta. “Hoje, o varejo consegue entender bem a demanda do seu cliente por conta dos programas de fidelidade. Ele pode usar essa identificação combinando o conhecimento sobre o cliente com o produto que ele busca” complementa o CEO da Simplus.

Notícias

PIB Brasileiro cresceu 0,3% de dezembro para janeiro, mostra FGV

22/03/2019

Escola Agos divulga calendário de Cursos

21/03/2019

Supermercados retomam crescimento no Brasil com boa perspectiva para 2019

20/03/2019

Pesquisas mostram que o setor começa a reagir à crise econômica e período da Páscoa deve proporcionar alta de 5%

Setor aposta em estabilidade para a Páscoa 2019

19/03/2019

O levantamento foi apurado em todas as regiões brasileiras de janeiro a fevereiro. As compras dos supermercadistas apontam para um crescimento de 0,4% em volume.

Presidente da AGOS lidera comitiva Para Convenção da ABRAS 2019 no RJ

18/03/2019

Nova edição da Revista Supermercados já está circulando

14/03/2019

Convenção ABRAS começa dia 19 de março no RJ

13/03/2019

Serviço de entrega pode alavancar vendas online em supermercados

12/03/2019

Pesquisa mostra que a maioria dos supermercados não conseguem entregar itens em prazo satisfatório, o que pode afastar consumidores das compras pela internet

Kantar: Brasileiros diminuem consumo de açúcar refinado, carne vermelha e refrigerante

11/03/2019

Em linha com essa tendência o estudo revela que 389 mil domicílios deixaram de comprar açúcar refinado no ano passado

Inovações para o varejo economizar na conta de luz

08/03/2019
voltar para página anterior
AGOS - Associação Goiana de Supermercados