Notícias

Robôs vão mudar ou eliminar 5 em cada 10 empregos

Publicado em : 12/09/2018

Fonte : Época Negócios -

Um relatório da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) alerta: robôs e computadores devem eliminar ou mudar muito 46% dos empregos — cinco em cada dez. 14% dos empregos em 32 países são “altamente vulneráveis” à automação e 32% terão mudanças significativas na forma como são realizados.

Essa parcela de 32% enfrenta um risco entre 50% e 70% de ser impactada pela automação – o que, segundo o relatório, significa uma possiblidade de mudanças significativas na forma como esses trabalhos são realizados. Desse modo, uma parcela significativa de tarefas – mas não todas – poderia ser automatizada, o que altera diremente os requisitos de habilidade para essas funções.

Cada país enfrentará a questão em níveis diferentes. A Eslováquia, por exemplo, é altamente "automatizável", segundo a OECD, enquanto a Noruega tem uma parcela de apenas 6% dos seus empregos em posição vulnerável. No geral, a organização destaca que os empregos nos países anglo-saxônicos, nórdicos e a Holanda são menos automatizáveis do
que os empregos nos países do leste e sul da Europa, Alemanha, Chile e Japão. O relatório não menciona qual é a situação do Brasil nesse processo.

Há quem acredite que a fórmula para sobreviver à automação esteja na criatividade e quem avalie que, com o avanço da inteligência artificial, o valor humano passe a ser ainda mais importante. O Fórum Econômico Mundial afirma, em um relatório publicado em 2016, que a Quarta Revolução Industrial realmente vai transformar os mercados de trabalho. A transformação digital, segundo o estudo, exigirá o desenvolvimento de novas habilidades, tais como resolução de problemas complexos, pensamento crítico, criatividade, gestão de pessoas, coordenação com outros e inteligência emocional.

Notícias

Brasileiro se mostra menos cauteloso e vendas a prazo sobe 2,6%

28/12/2018 Portal Abras

Os dados, levantados em parceria com a Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), apontam o resgate da confiança do consumidor e a expectativa de retomada da economia no País

Regiões periféricas entram no radar do comércio eletrônico de alimentos

27/12/2018

Segundo uma pesquisa realizada pela empresa de inteligência de mercado Kantar TNS, 59% dos consumidores pesquisam pelo menos uma vez por semana produtos como bebidas alcoólicas e comidas na internet

Setor supermercadista registra crescimento de 1,97% nas vendas

26/12/2018

Em novembro, as vendas do setor em valores reais – deflacionadas pelo IPCA/IBGE – cresceram 5,36% na comparação com o mês de outubro, e 3,33% em relação ao mesmo mês do ano de 2017.

Inauguração da nova sede da ACATS e FACISC em Florianópolis

21/12/2018

ABC: Cesta Básica fecha 2018 com inflação de 1,5%

21/12/2018

Algoritmo exibe apenas os produtos indicados para clientes

20/12/2018

Sistema online consegue esconder itens que não são habituais nas compras do consumidor, além de exibir apenas aqueles que ele apresentou interesse

Conheça as 5 tecnologias que estão mudando a operação dos supermercados

19/12/2018

Veja quais são as mais novas ferramentas que facilitam a operação das lojas e já estão sendo usadas nos pontos de venda

Confiança dos pequenos empresários aumenta para um 2019 mais otimista

18/12/2018

 Em termos percentuais, o número de micro e pequenas empresas (MPEs) confiantes com a retomada da economia deu um salto expressivo

Tecnologia em gestão define parcerias no Trade Marketing

17/12/2018

Empresas do setor supermercadista estão entre as que mais utilizam ferramentas digitais para melhorar a oferta de serviços no ponto de venda

Em 2019,supermercados vão investir em importados e reabertura de vagas

14/12/2018

Para o especialista, o cenário econômico - sobretudo com a possibilidade estabilidade cambial - vai estimular investimentos como "a criação de 35 mil empregos" 

voltar para página anterior
AGOS - Associação Goiana de Supermercados