Notícias

Micro e pequenos varejistas estão otimistas com a Copa do Mundo

Publicado em : 08/06/2018

 

Em poucos dias a Copa do Mundo 2018 deve ter início. O evento está animando 33% dos micro e pequenos empresários do varejo, que acreditam que a competição pode aumentar as vendas do comércio. Segundo dados da CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas) e SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito), souvenirs (80%), comércio eletrônico (72%), bares e restaurantes (68%) são os segmentos que mais devem ter suas vendas aquecidas.

 

Para o presidente da FCDLESP (Federação de Câmaras Dirigentes Lojistas do Estado de São Paulo), Mauricio Stainoff, além dos setores já citados, o grande varejo também pode sentir os efeitos positivos da Copa do Mundo. “O aquecimento no comércio eletrônico, por exemplo, pode ser influenciado pela compra de televisores. Estes equipamentos acabam se destacando nesta época”, explicou. O segmento de foodservice também deverá ser beneficiado, pois bares e restaurantes são ótimos pontos de encontro. Os estabelecimentos já estão se preparando para receber uma quantidade maior de clientes.

 

Supermercados, comércio informal e transporte também estão entre os setores que mais terão aumento de vendas entre junho e julho. “São segmentos que, de alguma forma, fazem do evento uma oportunidade de negócio, atraindo cada vez mais os consumidores, principalmente porque oferecem promoções”, afirmou Stainoff. Segundo a pesquisa, os lucros do comércio eletrônico podem aumentar 57% e os de transporte, 51%.

 

O que pode determinar mais crescimento para o varejo neste período é o avanço da seleção brasileira no mundial. “À medida que o Brasil avança na competição, a euforia do brasileiro também aumenta e vem o desejo de consumir produtos ligados ao evento ou mesmo de se reunir com familiares e amigos para comemorar. Tudo acaba estimulando o consumo”, explicou Stainoff. (Foto: New Trade)

 

 

Notícias

Brasileiro se mostra menos cauteloso e vendas a prazo sobe 2,6%

28/12/2018 Portal Abras

Os dados, levantados em parceria com a Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), apontam o resgate da confiança do consumidor e a expectativa de retomada da economia no País

Regiões periféricas entram no radar do comércio eletrônico de alimentos

27/12/2018

Segundo uma pesquisa realizada pela empresa de inteligência de mercado Kantar TNS, 59% dos consumidores pesquisam pelo menos uma vez por semana produtos como bebidas alcoólicas e comidas na internet

Setor supermercadista registra crescimento de 1,97% nas vendas

26/12/2018

Em novembro, as vendas do setor em valores reais – deflacionadas pelo IPCA/IBGE – cresceram 5,36% na comparação com o mês de outubro, e 3,33% em relação ao mesmo mês do ano de 2017.

Inauguração da nova sede da ACATS e FACISC em Florianópolis

21/12/2018

ABC: Cesta Básica fecha 2018 com inflação de 1,5%

21/12/2018

Algoritmo exibe apenas os produtos indicados para clientes

20/12/2018

Sistema online consegue esconder itens que não são habituais nas compras do consumidor, além de exibir apenas aqueles que ele apresentou interesse

Conheça as 5 tecnologias que estão mudando a operação dos supermercados

19/12/2018

Veja quais são as mais novas ferramentas que facilitam a operação das lojas e já estão sendo usadas nos pontos de venda

Confiança dos pequenos empresários aumenta para um 2019 mais otimista

18/12/2018

 Em termos percentuais, o número de micro e pequenas empresas (MPEs) confiantes com a retomada da economia deu um salto expressivo

Tecnologia em gestão define parcerias no Trade Marketing

17/12/2018

Empresas do setor supermercadista estão entre as que mais utilizam ferramentas digitais para melhorar a oferta de serviços no ponto de venda

Em 2019,supermercados vão investir em importados e reabertura de vagas

14/12/2018

Para o especialista, o cenário econômico - sobretudo com a possibilidade estabilidade cambial - vai estimular investimentos como "a criação de 35 mil empregos" 

voltar para página anterior
AGOS - Associação Goiana de Supermercados