Notícias

Fofoca no trabalho gera até R$ 30 mil em indenizações

Publicado em : 20/07/2018

Fofoca no ambiente de trabalho causa efeitos que vão além do clima ruim entre os funcionários. O problema pode ocasionar prejuízos diretos às empresas. Decisões da Justiça têm condenado empregadores a indenizar por danos morais funcionários vítimas de boatos e intrigas, nos casos em que fica comprovada omissão da companhia. Os valores variam entre R$ 5 mil e R$ 30 mil.

 

Em um dos casos, o Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo condenou uma loja a pagar R$ 10 mil de indenização a um vendedor alvo de boatos acerca de suposta traição da mulher. O processo aponta que os próprios donos do comércio teriam espalhado boato de que o filho esperado pela esposa do vendedor seria de outro homem.

 

Outra empresa teve de pagar R$ 30 mil a um funcionário demitido por furto, sem que o empregador tenha comprovado o ato. No setor em que ele trabalhava, eram fortes os rumores de que o funcionário seria um dos responsáveis pelo sumiço de celulares. O funcionário chegou a ser revistado e levado por seguranças até a saída da empresa. Ao decidir por conceder a indenização, o relator do processo considerou que essas situações atentaram contra a dignidade, integridade psíquica e o bem-estar individual do ex-empregado.

 

Zelar pelo bom ambiente de trabalho é um dos deveres da companhia, acredita Juliana Bracks, advogada trabalhista do escritório Bracks Advogados Associados. "Se a companhia tem conhecimento de um boato que deixou uma pessoa constrangida, precisa tomar alguma medida ", afirma. Autores de fofocas podem ser demitidos, em alguns casos até por justa causa. Recentemente, o TRT de Rondônia manteve o desligamento de uma funcionária que espalhou pelo aplicativo WhatsApp um áudio para dizer que seu supervisor casado traía a esposa com outra funcionária da empresa.

 

Segundo Daniel Chiode, sócio do  Chiode Minicucci Advogados, para se proteger, já há empresas formulando uma ata notarial com cópia da tela do celular para comprovar a fofoca e os motivos da demissão por justa causa . "A empresa, tomando conhecimento, tem que punir os envolvidos e até mesmo o administrador do grupo , se funcionário da companhia, por não ter coibido a fofoca", destaca. (Fonte: Valor Econômico)

 

 

 

 

 

Notícias

Conheça as 5 tecnologias que estão mudando a operação dos supermercados

19/12/2018

Veja quais são as mais novas ferramentas que facilitam a operação das lojas e já estão sendo usadas nos pontos de venda

Confiança dos pequenos empresários aumenta para um 2019 mais otimista

18/12/2018

 Em termos percentuais, o número de micro e pequenas empresas (MPEs) confiantes com a retomada da economia deu um salto expressivo

Tecnologia em gestão define parcerias no Trade Marketing

17/12/2018

Empresas do setor supermercadista estão entre as que mais utilizam ferramentas digitais para melhorar a oferta de serviços no ponto de venda

Em 2019,supermercados vão investir em importados e reabertura de vagas

14/12/2018

Para o especialista, o cenário econômico - sobretudo com a possibilidade estabilidade cambial - vai estimular investimentos como "a criação de 35 mil empregos" 

Supermercados se preparam para as demandas de fim de ano

13/12/2018

Além de aumento das vendas de itens essenciais para a ceia do brasileiro, lojas reforçam equipes para atender o aumento de fluxo nos pontos de venda

Dicas para a transformação digital dos supermercados

12/12/2018

Veja quais são as principais medidas adotadas para passar pelo processo de forma profissional

Planograma: passo a passo para a assertividade nas gôndolas

11/12/2018

Empresas que adotam a ferramenta em sua operação conseguem ter maior controle sobre como expor produtos nas prateleiras

Supermercadistas projetam vendas estáveis para o verão 2019

10/12/2018

A Pesquisa Verão 2019 analisou a expectativa de vendas dos varejistas nas categorias Alimentos, Bebidas e Higiene e Beleza.

Dicas para a transformação digital dos supermercados

07/12/2018

Veja quais são as principais medidas adotadas para passar pelo processo de forma profissional

Mudanças na forma de comprar produtos de higiene e perfumaria

06/12/2018

Fabricantes internacionais da categoria incentivam redução do uso de água nas fórmulas para conquistar o consumidor mais jovem

voltar para página anterior
AGOS - Associação Goiana de Supermercados