Notícias

Desemprego fica em 11,6% em dezembro, com 12,2 milhões de desocupados

Publicado em : 31/01/2019

Fonte : Agência Brasil via Portal ABRAS -

Os dados fazem parte da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), divulgada hoje (31), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Em relação ao mesmo trimestre de 2017, quando a taxa média fechou o trimestre em 11,8%, o quadro é de estabilidade, embora a taxa média anual tenha recuado 0,4 ponto percentual, passando de 12,7%, em 2017, para 12,3% em 2018.

A população desocupada fechou o trimestre encerrado em dezembro em 12,2 milhões de pessoas, caindo 2,4% (menos 297 mil pessoas) em relação ao trimestre de julho a setembro de 2018. No confronto com igual trimestre de 2017, houve estabilidade.

Os dados da Pnad Contínua indicam que entre 2014 e 2018, o contingente médio de desempregados passou de 6,7 para 12,8 milhões, um aumento de mais 6,1 milhões de pessoas, quase dobrando entre os dois períodos ao crescer 90,3%.

A população ocupada aumentou fechou dezembro em 93,0 milhões, um crescimento de 0,4%, mais 381 mil pessoas em relação ao trimestre de julho a setembro de 2018 e 1,0% (894 mil pessoas) em relação a igual trimestre de 2017. Ao longo de todo o ano passado a taxa média de ocupação cresceu 1,3%, em relação a 2017, ao passar de 90,6 milhões para 91,9 milhões de pessoas ocupadas.

Também houve queda de 0,3% na taxa de subtilização da força de trabalho, que fechou dezembro em 23,9% em relação ao trimestre anterior, quando ela estava em 24,2%.

 

A população subutilizada em dezembro era de 27 milhões de pessoas. Embora estável em relação ao trimestre julho-setembro, em relação ao mesmo trimestre de 2017 houve um acréscimo de 2,1%, mais 560 mil pessoas nesta categoria de subutilização.

 

Os dados da Pnad contínua indicam que a taxa média anual de subutilização cresceu 76,8% entre 2014 e 2018, o equivalente a mais 11,9 milhões de pessoas, com a média anual de subutilizados passando de 15,5 milhões em 2014 para 27,4 milhões em 2018.

 

Já o número de pessoas desalentadas ficou estável no trimestre encerrado em dezembro em relação ao imediatamente anterior em 4,7 milhões de pessoas. Frente ao mesmo trimestre de 2017, no entanto, percentualmente, a taxa subiu 8,1%, mais 355 mil pessoas.

 

De 2014 para 2018, a média anual dos trabalhadores enquadrados na categoria dos desalentados chegou a crescer 209,1%: de 1,9 milhão em 2014 para 4,7 milhões em 2018, mais 3,2 milhões de trabalhadores.

Notícias

Escola Agos Realiza com Sucesso Curso de Gestão de Supermercado

22/02/2019

Supermercadistas elegem Gilberto Soares Para a presidência da AGOS biênio 2019/2020

21/02/2019

Supermercados buscam adaptação para atrair interesse de crianças

20/02/2019

Com cada vez mais poder de decisão sobre a compra dos pais, crianças passam a ser o foco de estratégias das redes

Agos promove curso de Gestão de Supermercado

19/02/2019

ABRAS divulgou líderes de vendas e lançamento do ano no último dia 20 de fevereiro

18/02/2019

Setor de alimentos espera retomada das exportações após queda em 2018

15/02/2019

Convenção ABRAS 2019 no RJ terá como foco o consumidor

14/02/2019

Atenção à prevenção de perdas!

13/02/2019

Especialistas apontam soluções para problema a partir de treinamentos adequados e tecnologia

Transformação digital norteia gigantes do varejo

12/02/2019

Executivos de Kroger e Walmart abordam o tema durante a NRF Retail’s Big Show 2019 com foco na experiência do cliente

Delivery de supermercado: o exemplo da GoodBom

11/02/2019

Consumidores americanos esperam por serviço de entrega grátis nos supermercados enquanto rede brasileira já oferece opções de horário para entregar itens para o cliente

voltar para página anterior
AGOS - Associação Goiana de Supermercados