Notícias

Brasileiro se mostra menos cauteloso e vendas a prazo sobe 2,6%

Publicado em : 28/12/2018

Fonte : Portal Abras -

 

Ainda cauteloso com a economia, mas mais motivado que em 2017, o consumidor brasileiro começou a retomar os planos de compras a prazo neste Natal. Segundo a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) nos 21 dias que antecederam a data, houve um salto de 2,66% nas compras realizadas via crédito.

Os dados, levantados em parceria com a Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), apontam o resgate da confiança do consumidor e a expectativa de retomada da economia no País, com o segundo ano consecutivo de alta após três anos de resultados negativos.

Em 2014 as vendas a prazo caíram 8,3%, em 2015 4,16%, em 2016 2,29% e, apenas em 2017, este número passou a ser positivo (2,13%).

Para a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, os números refletem o clima de otimismo quanto aos rumos do país. “Após um período de retração da economia, observa-se uma perspectiva positiva do cenário pós-eleições, que estimulou muitos consumidores a irem às comprarem neste Natal”, explica.

Ainda em relação ao cenário pós-eleições, para o ano que vem, a especialista avalia que bens duráveis devem ter melhor desempenho por estarem ligados ao crédito: "Ainda temos muitos empregados no campo da informalidade. Para o ano que vem, com as taxas de formalidade crescendo gradualmente, há expectativa de maior estímulo na concessão de crédito para o consumo de bens duráveis como eletrodomésticos e eletroeletrônicos", comenta.

Segundo o último relatório publicado pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), novembro deste ano teve a maior criação de postos de trabalho (59 mil) desde o mesmo mês em 2013 (47 mil). Marcela acredita que, com a retomada dos empregos, o décimo terceiro salário deva fazer maior diferença nas compras de fim de ano: “O décimo terceiro esse ano ainda teve pouco impacto por conta da informalidade.”

Varejo

Além das vendas a prazo, o comércio varejista em todo país cresceu 3,8% na semana que antecede o Natal (entre os dias 13 e 20), em comparação com o mesmo período do ao anterior. Os dados são da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) com base em dados da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito).

Considerando todo o mês de dezembro, o faturamento deve atingir R$ 185 bilhões, aumento de R$ 7,7 bilhões, 4,3% a mais em relação a dezembro do ano anterior, confirmando as boas projeções tanto para o Natal quanto para o ano de 2019, segundo a Boa Vista SCPC. A Entidade destaca que diante das variáveis como inflação controlada, juros nos menores níveis históricos e com uma ligeira recuperação no mercado de trabalho, a intenção de consumo das famílias subiu quase 10% na média do último bimestre.

 

Notícias

Preços de alimentos têm queda e IGP-10 desacelera alta a 0,49% em junho, diz FGV

17/06/2019

Novos formatos de supermercados caem no gosto dos brasileiros, diz pesquisa

14/06/2019

Escola AGOS promoveu curso de Cartazista

14/06/2019

Consumidor anseia por novos serviços nos supermercados, diz pesquisa

13/06/2019

Pesquisa da APAS em parceria com Ibope Inteligência mostra caminhos que os supermercados devem trilhar atualmente

Supermercados e marcas se preparam para o período de festas juninas

12/06/2019

Escola AGOS promove semana especial com João Carlos da Lapa

11/06/2019

Escola AGOS promove curso de Cartazista neste mês

11/06/2019

Comportamento de compra varia de acordo com dias de semana

10/06/2019

Pesquisa da Kantar mostra que consumo de refrigerantes é diferente de acordo com a necessidade e o momento

Presidente da AGOS marca presença no evento da Associação dos Distribuidores e Atacadistas do Estado de Goiás (ADAG)

07/06/2019

Prática leva conceito de Indústria 4.0 para os supermercados

06/06/2019

Estande da empresa na APAS Show 2019 mostrou versatilidade de equipamentos para os participantes do evento

voltar para página anterior
AGOS - Associação Goiana de Supermercados