Notícias

Brasileiro se mostra menos cauteloso e vendas a prazo sobe 2,6%

Publicado em : 28/12/2018

Fonte : Portal Abras -

 

Ainda cauteloso com a economia, mas mais motivado que em 2017, o consumidor brasileiro começou a retomar os planos de compras a prazo neste Natal. Segundo a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) nos 21 dias que antecederam a data, houve um salto de 2,66% nas compras realizadas via crédito.

Os dados, levantados em parceria com a Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), apontam o resgate da confiança do consumidor e a expectativa de retomada da economia no País, com o segundo ano consecutivo de alta após três anos de resultados negativos.

Em 2014 as vendas a prazo caíram 8,3%, em 2015 4,16%, em 2016 2,29% e, apenas em 2017, este número passou a ser positivo (2,13%).

Para a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, os números refletem o clima de otimismo quanto aos rumos do país. “Após um período de retração da economia, observa-se uma perspectiva positiva do cenário pós-eleições, que estimulou muitos consumidores a irem às comprarem neste Natal”, explica.

Ainda em relação ao cenário pós-eleições, para o ano que vem, a especialista avalia que bens duráveis devem ter melhor desempenho por estarem ligados ao crédito: "Ainda temos muitos empregados no campo da informalidade. Para o ano que vem, com as taxas de formalidade crescendo gradualmente, há expectativa de maior estímulo na concessão de crédito para o consumo de bens duráveis como eletrodomésticos e eletroeletrônicos", comenta.

Segundo o último relatório publicado pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), novembro deste ano teve a maior criação de postos de trabalho (59 mil) desde o mesmo mês em 2013 (47 mil). Marcela acredita que, com a retomada dos empregos, o décimo terceiro salário deva fazer maior diferença nas compras de fim de ano: “O décimo terceiro esse ano ainda teve pouco impacto por conta da informalidade.”

Varejo

Além das vendas a prazo, o comércio varejista em todo país cresceu 3,8% na semana que antecede o Natal (entre os dias 13 e 20), em comparação com o mesmo período do ao anterior. Os dados são da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) com base em dados da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito).

Considerando todo o mês de dezembro, o faturamento deve atingir R$ 185 bilhões, aumento de R$ 7,7 bilhões, 4,3% a mais em relação a dezembro do ano anterior, confirmando as boas projeções tanto para o Natal quanto para o ano de 2019, segundo a Boa Vista SCPC. A Entidade destaca que diante das variáveis como inflação controlada, juros nos menores níveis históricos e com uma ligeira recuperação no mercado de trabalho, a intenção de consumo das famílias subiu quase 10% na média do último bimestre.

 

Notícias

PIB Brasileiro cresceu 0,3% de dezembro para janeiro, mostra FGV

22/03/2019

Escola Agos divulga calendário de Cursos

21/03/2019

Supermercados retomam crescimento no Brasil com boa perspectiva para 2019

20/03/2019

Pesquisas mostram que o setor começa a reagir à crise econômica e período da Páscoa deve proporcionar alta de 5%

Setor aposta em estabilidade para a Páscoa 2019

19/03/2019

O levantamento foi apurado em todas as regiões brasileiras de janeiro a fevereiro. As compras dos supermercadistas apontam para um crescimento de 0,4% em volume.

Presidente da AGOS lidera comitiva Para Convenção da ABRAS 2019 no RJ

18/03/2019

Vendas online nos supermercados podem evoluir se os consumidores tiveram mais informações sobre os produtos em oferta

15/03/2019

Brasil e Estados Unidos apresentam, respectivamente, 2% e 3% de taxa de vendas online neste setor. Especialista da Simplus aponta para a falta de informações

Nova edição da Revista Supermercados já está circulando

14/03/2019

Convenção ABRAS começa dia 19 de março no RJ

13/03/2019

Serviço de entrega pode alavancar vendas online em supermercados

12/03/2019

Pesquisa mostra que a maioria dos supermercados não conseguem entregar itens em prazo satisfatório, o que pode afastar consumidores das compras pela internet

Kantar: Brasileiros diminuem consumo de açúcar refinado, carne vermelha e refrigerante

11/03/2019

Em linha com essa tendência o estudo revela que 389 mil domicílios deixaram de comprar açúcar refinado no ano passado

voltar para página anterior
AGOS - Associação Goiana de Supermercados